É na luta que garantimos direitos, é na luta que vamos impedir que eles acabem

Tipografia

band logo preto

As perdas salariais devido a inflação do período chegam a ultrapassar mais de um salário nas empresas do grupo Bandeirantes de Comunicação. 

 

Companheiros/as

As empresas de Rádio e TV fogem de pagar o que devem aos trabalhadores e querem passar por cima dos direitos e contra isso não tem outro caminho que não seja a nossa luta.

O grupo BAND, como outras empresas querem pagar um reajuste salarial que é apenas a metade das perdas salariais medidas pelo INPC. Olhem o absurdo: além do INPC estar longe de medir as perdas que os trabalhadores têm, os patrões querem pagar apenas a metade desse índice.

E tem mais; querem acabar com os direitos que estão na Convenção Coletiva de Trabalho: desde 2017 depois da reforma trabalhista aprovada pelo governo Temer/MDB e a maioria dos deputados e senadores os patrões tentam acabar com direitos que garantimos através de muita luta e estão na Convenção Coletiva de Trabalho. É a nossa luta que tem garantido a manutenção dos direitos mesmo sem a Convenção Coletiva de Trabalho assinada.

WhatsApp Image 2022 05 30 at 15.48.53

É hora de transformar a indignação em luta é hora de colocarmos a indignação contra o arrocho salarial, contra a carestia, pois a cada ida no mercado conseguimos comprar menos alimento, é hora de fortalecer a luta em defesa dos direitos.

Além do índice, abaixo da inflação, que não repõe as perdas do período, a BAND continua seguindo a cartilha da Globo, em não querer negociar a Convenção Coletiva de Trabalho – CCT da Categoria. Mas isso pode mudar com nossa mobilização junto com o Sindicato.

Não dá para ficar indignado, apenas nos corredores da empresa, no refeitório e nas rodinhas de conversa, queremos transformar tudo isso em ação. Seu salário seu emprego e seus direitos dependem de você.

 

Companheiro (a) da BAND, entenda a dívida da empresa com você

Mês do Reajuste / Percentual -  Mês que Foi aplicado o reajuste em seu salário

Maio/2018 2,5% - reajuste foi aplicado apenas em março de 2.019 – Deve 10 meses

Maio/2019 5,07% - reajuste foi aplicado apenas em julho de 2.019 – Deve 2 meses

Maio/2020 2,46% - empresa não concedeu reajuste – Deve 12 meses

Maio/2021 7,59% - concedeu reajuste de apenas 3,80% em setembro de 2.021 – Deve 4 meses

Maio/2022 12,47% - empresa concedeu apenas 6,24% em julho de 2.022 – Deve 2 meses

Considerando um Salário Base R$ 3.000,00 – O Salário atualizado estaria em R$ 4.005,78

Somando os meses retroativos que a empresa deixou de pagar, o total é de R$ 5.340,82

Este valor representa 1,59253% DE SALÁRIO

Somos nós, trabalhadores (as) e Sindicato, juntos, são quem decide se vai ou não negociar e é na assembleia que essa decisão é tomada.

 

NENHUM DIREITO A MENOS RUMO A NOVAS CONQUISTAS

Sindicato dos Radialistas no estado de São Paulo – www.radialistasp.org.br