Trabalhadores (as) da Rádio 89 FM Diário aprovam Acordo Coletivo Trabalho entre a empresa e o Sindicato dos Radialistas

Tipografia

89 fm diário

Em assembleia virtual realizada nesta segunda-feira (13/06) os radialistas da Rádio 89 FM Diário aprovaram acordo coletivo de trabalho, negociado entre o Sindicato dos Radialistas e a empresa, ligada ao grupo Diário da Região de são José do Rio Preto. 

 

Desta forma, mais uma emissora se garante em manter uma relação de valorização com os trabalhadores (as) da empresa, bem como se asseguram, juridicamente, de fazer as reposições salariais e nos benefícios, conforme o Acordo Coleivo de Trabalho - ACT. Ao contrário de muitas empresas que ainda apostam de deixar rolar conforme orientação do Sindicato dos patrões, de não assinar a Convenção Coletiva de Trabalho - CCT. Uma postura que, diga-se de passagem, já demonstrou para muitas empresas do interior, que não é o caminho pois novos ACTs devem ser assinados.

É público e notório que os trabalhadores (as) radialistas vem perdendo seu poder de compra sem reposição salarial; a qualidade dos programas vem decaindo, ano após ano e a forma que muitos patrões resolveram compensar a perda de publicidade ou de faturamento, por sua própria incompetência, na administração das empresas. Isso é esfolar o trabalhador ao não lhe garantir os mínimos direitos descritos na CCT muito menos gatrantir o poder de compra de seus salários. Uma vergonha. 

É na luta, na mobilização e com organização, junto com o Sindicato dos Radialistas é que se pode avançar, seja para um acordo coletivo, seja para uma reposição salarial ou seja para aumentar seu salário. Quem faz seu salário é você, não é o mercado, não é o patrão. É o trabalhador com consciência de classe. Juntos somos fortes.