Sindicato dos Radialistas assina Acordo Coletivo de Trabalho para os Radialistas da Mundial

Campanha Salarial 2019
Tipografia

ACORDO COLETIVO CCPR 

Desde o ano de 2017 a categoria dos Radialistas vem sofrendo sem a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho. Muitas empresas não deram um único centavo de reajuste desde maio de 2017 e o PLR e/ou Abono de 2018 também não foi pago pelos patrões nesse ano de 2019. Tudo isso porque os patrões de Rádio e Televisão, representados pelo Sindicato das Empresas se recusam em assinar a Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato dos Radialistas de São Paulo, onde a reivindicação principal é a manutenção dos direitos já conquistados pela categoria ao longo dos anos. E, apesar disso, ao serem questionadas pelos trabalhadores sobre tais direitos, as empresas afirmam que não podem conceder porque o Sindicato dos Trabalhadores não quer assinar a Convenção Coletiva de Trabalho. Só não explicam aos trabalhadores que essa mesma Convenção Coletiva de Trabalho que eles querem que o Sindicato dos Radialistas assine retira muitos dos direitos dos trabalhadores. Foi assim que, cansado da intransigência do Sindicato Patronal, liderado pela TV Globo, que o Sindicato dos Radialistas de São Paulo decidiu resolver o problema de outra forma propondo para todas as empresas a assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho. Esse instrumento legal tem o mesmo efeito da Convenção Coletiva de Trabalho só que, ao invés de ser assinado pelo Sindicato Patronal, é assinado diretamente pela empresa. Muitas empresas já estão em negociação com o Sindicato dos Radialistas de São Paulo sendo que nesse ultimo dia 24 de julho de 2019 foi assinado o primeiro Acordo Coletivo de Trabalho com a IMPD que, cansada das desculpas e intransigência do Sindicato Patronal, resolveu solucionar a situação em definitivo.

A assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho entre a empresa e o Sindicato dos Radialistas de São Paulo, desmascara de vez o Sindicato Patronal e todas as empresas que ele representa, no sentido de que os direitos não estão sendo concedidos por culpa do Sindicato dos Radialistas. Agora, cabe a você Radialista se mobilizar no seu local de trabalho e questionar a sua empresa os motivos pelos quais você está sem resjuate salarial e sem receber o seu abono de 2019 até hoje.

O Sindicato dos Radialistas de São Paulo encontra-se a inteira disposição para assinar Acordo Coletivo de Trabalho nos moldes em que foi assinado o presente com qualquer empresa do ramo.

Leia na íntegra o Acordo Coletivo de Trabalho assinado com a IMPD.