Trabalhadores da Cinemateca, em greve, fazem protesto com a visita de Ministro do Turismo

Notícias
Tipografia

64b74a5a 43bb 498c 8f40 c3915fcd0e90

Foto: Nadir Jacob

Os trabalhadores da Cinemateca Brasileira, em São Paulo, entram em seu quarto dia de greve nesta terça-feira (23), para pressionar a direção da empresa em solucionar os problemas enfrentados pelos trabalhadores como o não pagamento de salário e benefícios.

A luta dos trabalhadores da Cinemateca Brasileira não se resume apenas aos salários e beneficios, pois o acervo sob a guarda da Cinemateca, um patrimônio cultural, está sob risco de abandono. 

No ato, durante a greve, os trabalhadores estenderam uma grande faixa no local, em que fala "SOS Cinemateca, Trabalhadores e Acervo em Emergência". Os trabalhadores aproveitaram a visita do ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio,  para realização do protesto que, apesar disso, tanto o Ministro como a direção da Cinemateca não receberam o Sindicato e saíram pela porta dos fundos.

O movimento tem presença de diretores do Sindicato dos Radialistas, que estão dando apoio e suporte ao trabalhadores em greve.

1644161d e618 4901 abe4 adcaf1e989f3