Sindicato dos Radialistas por iniciativa da Intersindical estão contribuindo na arrecadação de alimentos e produtos de higiene para quem mais precisa

Notícias
Tipografia

A miséria provocada pelo Capital a cada ano aumenta, mostrando que esse sistema que se mantém na exploração do conjunto da classe trabalhadora cava o enorme fosso da desigualdade social, impondo que milhões não tenham acesso ao que há de mais básico: moradia, alimentação, saúde, saneamento.

 Pela Intersindical

Durante a pandemia provocada pelo coronavírus, piorou ainda mais a situação de parte de nossa classe que está numa situação ainda pior morando nas ruas porque lhes foi arrancado tudo.

Como se isolar em casa, se não há casa e os abrigos públicos são feitos para amontoar as pessoas? Como manter as mãos limpas, se nem banheiro público existe para garantir um banho? Como se alimentar se falta o básico, além da cesta básica, para quem está vagando nas ruas, não por escolha, mas por imposição dessa sociedade dividida em classes?

Nesse momento tão duro e adverso, é fundamental a solidariedade ativa da classe trabalhadora. Solidariedade para valer que não se utiliza do sofrimento alheio para fazer propaganda de caridade. A fome não começou na pandemia do coronavírus e nem vai acabar depois dela, a fome é fruto desse sistema e só acabará quando outra forma de organização de sociedade for construída e ela será construída na luta dos trabalhadores.

Na urgência de agora, a Intersindical junto com os Sindicatos tem organizado campanha de solidariedade para levar comida e produtos de higiene para quem está nas comunidades mais pobres e morando nas ruas. Iniciativas estão acontecendo em todas as regiões onde estamos organizados.

Na cidade de São Paulo, concentraremos as doações no Sindicato dos Radialistas – Rua Conselheiro Ramalho, 992, Bela Vista, nos seguintes dias e horários: segundas, quartas e sextas das 9 às 17 horas e terças e quintas das 10 às 15 horas.

A prioridade é arrecadar alimentos não perecíveis e material de higiene como sabão, sabonete, álcool em gel e tudo aquilo que possa ajudar nesse momento mais urgente.

Tudo que for arrecadado será encaminhado através dos movimentos e organizações que têm compromissos que a solidariedade chegue a que mais precisa.