Juntos, com o Sindicato, os trabalhadores da Rede TV vão à luta em defesa de seus direitos

Notícias
Tipografia

WhatsApp Image 2019 10 22 at 15.35.32 1Foto: Hegberto Balboni                    Assembleia dos trabalhadores da Rede TV, em frente da emissora. 

A Rede TV tentou mudar escalas de trabalho e cortar horas extras, o que significaria para muitos trabalhadores a redução de até 40% no rendimento mensal, contra esse ataque os radialistas e os jornalistas, juntos com seus Sindicatos se mobilizaram e depois das assembleias, que decidiram pelo estado de greve, a direção da empresa recuou.

A mobilização, que teve grande participação dos trabalhadores, impediu mais esse ataque da empresa, já na quarta-feira (24/10), a direção da empresa se reuniu com os Sindicatos e cancelou as alterações nas escalas e horas extras.

A luta continua: na assembleia, os trabalhadores, juntos com o Sindicato, decidiram manter o estado de greve, pois os radialistas seguem na mobilização da Campanha Salarial, em defesa dos direitos e por aumento salarial, e a Rede TV sequer pagou a antecipação do reajuste salarial.

Junto à luta por aumento salarial e pela manutenção dos direitos da Convenção Coletiva de Trabalho, a mobilização também é em defesa dos empregos, pois a direção da empresa não desistiu de avançar em seus planos, que têm como consequência, o ataque aos direitos e empregos.

A mobilização dessa semana, novamente, mostrou que é na luta organizada junto com nossos instrumentos de organização, como os Sindicatos, que garantimos nossos direitos.