Sem convenção coletiva, categoria se mobiliza para garantir acordo coletivo com as empresas

Notícias
Tipografia

WhatsApp Image 2019 09 02 at 22.01.04

Acordo coletivo é individual, com as empresas e, dessa forma, garante a renovação dos direitos dos radialistas, que integram a convenção coletiva

 

Mais uma TV assina acordo coletivo

TV Novo Tempo se soma a TV Mundial e assina acordo coletivo com o Sindicato dos Radialistas. Diversas emissoras de rádio também estão na fila, para fugir da sinuca de bico que o patronal está enfiando nas emissoras, por capricho da Rede Globo de Televisão. Antevendo pagamento de conta salgada, direção das emissoras assinam acordo coletivo para dar normalidade as relações profissionais com seus trabalhadores e não serem prejudicadas pelo sindicato patronal, que está a mando da Rede Globo.

EPTVs aplicam reajustes

As EPTVs, afiliadas do grupo Globo, estão fazendo o pagamento do retroativo (2,5% em maio de 2018) e agora 5,07%, que bem poderia estar acompanhado da assinatura do acordo coletivo, dessa forma já garantem, também, o pagamento do PR aos seus trabalhadores, que padecem sem o PR, por conta da teimosia da Globo. 

 

Com o impasse com o sindicato patronal, a opção de assinatura do acordo coletivo para as empresas, fornece segurança jurídica e financeira, para continuidade das relações profissionais com seus trabalhadores. Além de não deixar acumular percentuais de reajustes sobre salário e benefícios que, somado com PRs/ abonos, se transformam numa "grande dor de cabeça" para as empresas.