Sindicato informa atualização sobre processos coletivos de periculosidade da Band

Notícias
Tipografia

 

Informe do departamento jurídico do Sindicato dos Radialistas trás atualização das informações sobre processos coletivos de periculosidade da Band. 

 

É de conhecimento da categoria que, embora o Sindicato já tivesse entrado com 02 processos coletivos contra a Bandeirantes, onde foi reconhecido o direito ao Adicional de Periculosidade para que exerce as funções de Técnico de Manutenção, Eletricista e Operador de Transmissor, a empresa continuou não pagando de maneira satisfatória a todos o citado adicional. Também é fato que em outros processos já foi reconhecido o direito ao adicional de periculosidade/insalubridade para os Técnico de Externa. Por essa razão em 2.017 o Sindicato entrou com 03 novos processos coletivos para:

 01- que a empresa pagasse o retroativo dos trabalhadores (Operador de Transmissor e Eletricista) cujo adicional passou a ser pago no curso do contrato de trabalho (Processo n.º 1001990-53-2017-5-02-0027 em tramite perante a 27º Vara do Trabalho de São Paulo). Esse processo já foi julgado e o Sindicato ganhou mais recorreu por causa do índice de correção monetária.

02- para que fosse reconhecido o direito ao adicional de periculosidade para os Técnicos de Manutenção e Eletricista que não tiveram o direito incluído na folha de pagamento (Processo nº 1001988-32-2007-5-02-0044 em tramite perante a 44º Vara do Trabalho de São Paulo). Esse processo o Sindicato ganhou. A empresa recorreu e o sindicato também para incluir o reflexo do direito no aviso-prévio e multa de 40% sobre o FGTS.

03- para que fosse reconhecido o direito ao adicional de periculosidade ou insalubridade para os trabalhadores que exercem a função de Técnico de Externa (Proc. 1001992-69-2017-5-02-0044 em tramite perante a 44º Vara do Trabalho de São Paulo). Esse processo foi extinto porque o Juiz entendeu que o Sindicato não pode entrar com esse tipo de processo. O Sindicato Recorreu.