Globo reajusta vale refeição em 7%, mas induz outras emissoras a não fazer o mesmo

Notícias
Tipografia

Influência da Globo determina posição da bancada patronal nas negociações de Acordo Coletivo

As organizações Globo, que coordenou a bancada patronal nas negociações da Convenção Coletiva da Categoria, que não foi assinado, reajustou o vale refeição em 7% de seus funcionários. Ela impediu que as outras emissoras concordassem com a assinatura do acordo coletivo, prejudicando trabalhadores dessas empresas de rádio e TV no estado de São Paulo.

A TV Globo, através de seu representante na bancada de negociação dos patrões, induziu outras empresas a se recusarem a dar esse mesmo 7% de reajuste, nas clausulas econômicas, mas internamente ela deu no vale refeição de seus trabalhadores.

Além de quê, há discriminação de tratamento entre algums trabalhadores. Por exemplo, trabalhadores que ganham ticket de R$ 30,00, outros de R$ 20,00, terceirizados ou temporários o valor do ticket é de apenas R$ 14,00.  E os menores aprendizes, que se encontram na mesma situação?! Os jovens recebem vale refeição menor do que seus colegas de trabalho. Será que eles estão aprendendo a comer, para que seus tickets sejam menor do que o dos outros? É uma situação vergonhosa para uma empresa que tem 70% de fatia do bolo publicitário do mercado.

O fato é que as Organizações Globo não quer complicações no relacionamento com seus funcionários e está se lixando se houver confusão nas demais emissoras. Está aí um dos motivos para que Band, SBT, Record, Rede TV, Gazeta e tantas outras empresas, que se dobram ao capricho das empresas dos Marinho a não se deixarem manipular pelos interesses da Globo, a história já nos revelou que os interesses da Globo não é bom para o país.