Patronal chama Sindicato dos Radialistas para dar inicio as negociações da campanha salarial

Notícias
Tipografia

WhatsApp Image 2018 04 30 at 10.45.33 1

Foto: Ronaldo Werneck   Ata da primeira reunião do Sindicato dos Radialistas com os represetantes dos donos de Rádio e TV

Demorou, mas deu o ar da graça. No último dia 27, deste mês de abril, na sede do Sindicato das Empresas de Radiodifusão e Televisão no estado de São Paulo, a comissão de negociação do Sindicato dos Radialistas se reuniu com os representantes do Sindicato patronal, em sua primeira reunião, para estabelecer as diretrizes em que irão discutir a pauta de reivindicação da categoria. Dentre elas está o calendário de negociação.

Também ficou decidido pelo grupo, que irão se reunir para negociar de forma direta, optando-se pela não indicação de mediação durante o curso das negociações. Dessa forma, o entendimento de ambas as comissões de negociação é de que não será necessária a participação do Ministério do Trabalho como mediador.

As negociações irão ocorrer durante o mês de maio, às terças feiras, nos dias 8, 15, 22 e 29.  Os integrantes da comissão de negociação do Sindicato dos Radialistas e do patronal irão se reunir sempre a partir das 11h, com previsão de pouco mais de uma hora e meia de reunião, para discussão da pauta. 

Nessa primeira reunião ficou estabelecido que a convenção coletiva de 2016-1018, que se encerraria no dia 30 de abril, tem sua data de validade estendida para o dia 30 de maio. O que foi ponderado pelo Sindicato dos Radialistas, com a informação de que com data de apenas 30 dias de extensão do acordo passado, seria insuficiente frente a necessidade de prorrogação para, pelo menos, 15 dias após a data da última reunião de negociação agendada, ou seja, até 15 de junho, afim de possibilitar a feitura de assembleia com a categoria e demais preparativos, como a possibilidade de se entrar com dissídio na justiça. Os membros da bancada patronal não deram resposta imediata, informando já, de imediato, que o Sindicato patronal não concorda com o envio da ação para dissídio coletivo.

Importante lembrar que os representantes dos patrões são apenas correia de extensão dos donos das empresas. E eles só se sensibilizam com a mobilização da categoria. Portanto, os trabalhadores radialistas devem estar atentos as convocações do Sindicato e se prepararem para mobilização.