No ato realizado no dia 20 de outubro, Silvio Santos parou para conversar com os dirigentes sindicais em frente a empresa e se comprometeu em conversar com o Maciel, gerente financeiro da emissora para discutir a grave situação dos trabalhadores que estão há 18 meses sem reajuste salarial.

Em assembleia ocorrida nesta quarta-feira (23), os trabalhadores da EBC decidiram aguardar uma nova proposta da empresa, suspenderam a paralisação prevista para esta quinta-feira (24) e irão manter o estado de greve. Após audiência do último dia 22, o ministro do TST, Emmanoel Pereira decidiu intimar a direção da EBC a apresentar uma nova proposta que garanta cláusulas sociais e econômicas atuais.

Rodolfo Carlos de Almeida, que fazia dupla com Cláudio Chirinhan, o ET, nas telinhas, venceu uma batalha judicial que movia contra o SBT desde 2009, por ter trabalhado por quase 12 anos como pessoa jurídica, sem carteira assinada.

Na última sexta, os trabalhadores da EBC aprovaram inicio de greve às 00h desta quinta (24). Mas para avaliar os andamentos das negociações, frente ao início da mediação no TST, os empregados definiram pela realização de assembleia na quarta (23), às 13h, em todas as praças. Este será o momento fundamental para que a definição dos rumos da campanha salarial.

 

Em decorrência da realização da primeira atividade da nova diretoria com os funcionários, no dia 2 de dezembro, a Sede do Sindicato na Capital fará o atendimento ao público, excepcionalmente, das 8h30 às 12h.


O atendimento normal acontece sempre de segunda a sexta das 8h30 às 17h.

O acórdão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região) sobre o dissídio dos trabalhadores da RTV Cultura, publicada no dia 16/11, não aponta nenhuma porcentagem de reajuste econômico para os trabalhadores radialistas e jornalistas. Isso é, além dos salários, os pisos, o vale refeição, por exemplo, não terão reajuste. O texto faz referência apenas às cláusulas sociais.