Podem acreditar; a Rede Bandeirantes de Rádio e TV não tem tomado postura independente frente as necessidades de seus trabalhadores quando se fala em reajuste salarial e assinatura da Convenção Coletiva da Categoria - CCT.

Seguindo a lógica de obediência ao Sindicato Patronal, entidade de classe controlada pelas Organizações Globo, a emissora da família Saad está ficando para trás, abraçada isoladamente com o grupo empresarial de comunicação da família Marinho. Isto porque, dentre as grandes emissoras de TV, Globo e Band são as únicas que, por desconsideração aos seus trabalhadores, que dão o suor e o sangue para levar uma programação de qualidade, depois de meses de negociação infrutífera, ainda não ofereceu nada aos seus funcionários.

Em nota deste blog, ontem informamos a tentativa da Rede Globo de Televisão, através de seu negociador no Sindicato Patronal, em tentar manipular seus trabalhadores contra seu sindicato.

Apesar da Rede Bandeirantes não ter feito isso, usa da mesma tática quando é para dar uma resposta aos interesses de seus trabalhadores. Tática esta que as outras emissoras já abandonaram, preocupadas em garantir que seu quadro de funcionários tenham um mínimo de atenção frente as necessidades financeiras.

SBT, Record, Gazeta, afiliadas da TV Globo e diversas emissoras de rádio e TV do interior já anunciaram reajustes salariais na condição de antecipação salarial. Tomando um distanciamento do que tem sido regra das emissoras da família Saad e Marinho. Postura dessas empresas que, diga-se de passagem, não leva a nada, além de insatisfação dos trabalhadores e possível prejuízo em sua imagem, além do estouro na folha de pagamento, se a decisão for decidida na Justiça e favorável aos trabalhadores.

Próxima quinta feira (08), o RH da empresa convocou uma reunião com a direção do Sindicato dos Radialistas onde, possivelmente, poderão discutir a respeito de reajuste salarial.

O mais importante é notarmos uma interessante iniciativa da direção da BAND em forçar o RH da empresa em dialogar com o Sindicato. Mostra de que a Rede Bandeirantes não quer mais embarcar no mesmo caminho que a TV Globo vinha conduzindo nas negociações no Sindicato Patronal em relação a nossa convenção coletiva.

Fonte: Blog dos Radialistas

 

Recesso

 

A sede na Capital entrará em recesso no dia 23/12/2016 e retorna ao atendimento regular a o partir de 03/01/2017

Em decorrência do recesso de final de ano, as solicitações de atestado de capacitação feitas a partir do dia 09/12 (sexta-feria), só terão respostas no mês de janeiro de 2017, com o retorno das atividades da comissão de registro.

Portanto, aqueles que necessitarem do atestado para este ano, deverão fazer a solicitação até dia 08/12 (quinta-feira).

Para saber os documentos necessários para solicitar o Atestado de Capacitação no Sindicato. ACESSE AQUI

No ato realizado no dia 20 de outubro, Silvio Santos parou para conversar com os dirigentes sindicais em frente a empresa e se comprometeu em conversar com o Maciel, gerente financeiro da emissora para discutir a grave situação dos trabalhadores que estão há 18 meses sem reajuste salarial.

Em assembleia ocorrida nesta quarta-feira (23), os trabalhadores da EBC decidiram aguardar uma nova proposta da empresa, suspenderam a paralisação prevista para esta quinta-feira (24) e irão manter o estado de greve. Após audiência do último dia 22, o ministro do TST, Emmanoel Pereira decidiu intimar a direção da EBC a apresentar uma nova proposta que garanta cláusulas sociais e econômicas atuais.

Rodolfo Carlos de Almeida, que fazia dupla com Cláudio Chirinhan, o ET, nas telinhas, venceu uma batalha judicial que movia contra o SBT desde 2009, por ter trabalhado por quase 12 anos como pessoa jurídica, sem carteira assinada.

Na última sexta, os trabalhadores da EBC aprovaram inicio de greve às 00h desta quinta (24). Mas para avaliar os andamentos das negociações, frente ao início da mediação no TST, os empregados definiram pela realização de assembleia na quarta (23), às 13h, em todas as praças. Este será o momento fundamental para que a definição dos rumos da campanha salarial.

 

Em decorrência da realização da primeira atividade da nova diretoria com os funcionários, no dia 2 de dezembro, a Sede do Sindicato na Capital fará o atendimento ao público, excepcionalmente, das 8h30 às 12h.


O atendimento normal acontece sempre de segunda a sexta das 8h30 às 17h.